Lançamento Esporão Reserva Branco 2019: o primeiro Reserva com certificação biológica


O Esporão acaba de lançar o seu Reserva Branco 2019, a primeira colheita deste vinho com certificação biológica. O Esporão Reserva Branco junta-se agora aos Colheita branco e tinto, também estes totalmente produzidos em modo de produção biológica e com sólida presença no mercado desde 2015.

Esta colheita materializa o trabalho dos últimos 10 anos na conversão das vinhas da Herdade do Esporão para modo de produção biológica. É um momento na história deste clássico, produzido há 35 anos, e demonstra a consistência e o carácter rico e típico dos melhores vinhos do Alentejo. 

Segundo João Roquette, CEO do Esporão “Parece um sonho, mas é uma realidade. Representa também uma oportunidade adicional para o Esporão, em afirmar-se como um dos mais relevantes produtores biológicos mundiais.”

As vinhas que dão origem a este vinho são as mesmas que foram utilizadas nas colheitas anteriores, cada ano mais antigas e complexas.

Produzido com uvas das castas brancas tradicionais do Alentejo – Antão Vaz, Arinto e Roupeiro – o Esporão Reserva é vinificado numa adega exclusiva para vinhos brancos, seguido de um estágio em barricas de carvalho americano e carvalho francês.

O ano de 2019, pelas suas características climáticas promoveu a evolução constante e homogénea da maturação, condições ideais para uma matéria prima de excelente qualidade.

Recebi o vinho e não demorei muito para o provar visto que sempre adorei o Reserva branco deste produtor e estava curiosa.

Achei-o diferente das colheitas anteriores, um pouco tímido ainda e com potencial para se revelar muito mais com o tempo. Com fruta menos exuberante mas, por outro lado, a lembrar mais frutos secos e especiarias. Uma textura untuosa e macia que preenche a boca e deixa um sabor prolongado. Para voltar a provar! 😉

Também o rótulo merece destaque. Trata-se de uma ilustração da fotógrafa Anne Geene, inspirada nas ervas e pequenas plantas do território do da Herdade do Esporão, as mesmas que rodeiam as vinhas biológicas. No fundo, a reforçar o respeito e a homenagem à Natureza.

Subscreva para receber cada novo artigo no seu email

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *