Howard’s Folly é uma adega que junta arte, sonhos e diferentes culturas do mundo que se reflectem na comida e nos seus vinhos


Tudo começa quando o inglês Howard Bilden, residente em Hong Kong, prova um vinho português que o apaixona. De tal forma o vinho o marca que faz questão de conhecer o seu enólogo: tratava-se de Dave Baverstock (sim, o reconhecido enólogo da Herdade do Esporão).

A relação entre ambos manteve-se e da amizade nasce – em 2007 – a ideia de criar um projecto de vinhos no Alentejo.

Howard começou por comprar vinhas em Portalegre, mais concretamente na Tapada do Falcão na Serra de São Mamede, algumas com mais de 50 anos! São 7 hectares de touriga nacional, aragonez, syrah, alicante-bouschet e trincadeira. Quanto à uva branca, essa é comprada a pequenos produtores locais, todos localizados em Portalegre.

As primeiras vindimas foram sendo feitas em diferentes adegas até que em 2018 foi o momento de ter adega própria. Howard adquire a antiga cooperativa agrícola de Estremoz – onde há muitos anos passava uma linha de comboio sendo directo de Lisboa – para a transformar em adega de um lado e wine bar e restaurante do outro.

Do portfólio da Howard’s Folly fazem parte o Sonhador Branco, Sonhador Alvarinho, Sonhador Rosé, Sonhador Tinto. Produzem ainda um branco e um tinto reserva e edições especiais todos os anos. Para este outono têm mais uma novidade: sairá o primeiro vinho de talha!

Howard é um assumido amante de arte e isso é evidente não só nas coloridas paredes da adega, preenchidas por graffiti de diferentes artistas, na galeria, na decoração do wine bar, mas também nos rótulos dos vinhos.

Cada ano é definido um tema e vários quadros vão a concurso para decidir qual o vencedor desse ano. O melhor quadro não só ganha lugar nos rótulos da gama Sonhador, como é vendido – juntamente com as restantes obras participantes – numa galeria de arte e as receitas revertem para a Souvereign Art Foundation, que desde a sua fundação já angariou 10 milhões de dólares

Criada em 2003 por Howard Bilden, a S.A.F. tem a missão de reconhecer o talento da arte contemporânea ao mesmo tempo que ajuda crianças carenciadas na Ásia.


VIDEO – adega Howard’s Folly em Estremoz

Quando visitarem a Howard’s Folly podem optar por vários programas. A visita à adega para veras grandes cubas de inox e as barricas de carvalho está sempre incluída. Depois podem optar por um conjunto de diferentes provas, como por exemplo:

Sonhador Tour – prova e 3 vinhos da gama Sonhador

Winemaking Workshop – prova de diferentes monocastas para depois fazer um vinho personalizado e ao vosso gosto

Reserve and Premium Wine Tour and Tasting – onde além da visita à adega provam vinhos directamente das cubas e barricas mais 5 vinhos reserva ou edições especiais.

As provas podem ser acompanhadas de petiscos preparados pelo restaurante The Folly. Este espaço está aberto para almoço e jantar (sem que a cozinha feche durante a tarde, ideal para aqueles almoços tardios de fim de semana!)

O Folly’s restaurante está nas mãos do Chef Hugo Bernardo. Formado em gestão hoteleira, trabalhou vários anos como director de hotéis. Um dia fartou-se, mudou o fato e gravata, pela jaleca, arregaçou as mangas – exibindo finalmente as várias tatuagens – e abriu o seu primeiro restaurante em Oeiras.

A vida de Bernardo deu muitas voltas até que foi dar a Estremoz. Aqui junta um pouco do que tem recolhido ao longo da sua vida, das suas viagens, dos lugares onde trabalhou, das pessoas com quem trabalhou.

O nosso almoço começou com uma tábua de queijos e enchidos regionais e de pequenos produtores locais. O novíssimo Sonhador Rosé abriu as hostes. 2019 é a primeira colheita deste rosé a sair para o mercado e é delicioso! Feito com 65% de Aragonês e 35% de Castelão, este rosé é muito floral no nariz, mas na boca seco apesar do evidente sabor a frutos vermelhos.

Segui-se um desfile de pratos deliciosos:

Depois do rosé foi a vez do Sonhador Branco a chegar à mesa, carregado de ameixa branca guloso e cheio, mas com uma acidez para equilibrar e o tornar mais fresco. Não provei o tinto na adega, mas trouxe-o para casa, para um dia provar com calma 😉

Howard’s Folly é uma adega, que também é wine bar, que também é restaurante e ainda uma galeria de arte. De uma coisa estou certa, Estremoz nunca mais será o mesmo depois da chegada da Folia de Howard!

Subscreva para receber cada novo artigo no seu email

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *