O amor pelos animais levou a uma mudança de vida e ao início de um enoturismo muito especial!

 

Lurdes Perfeito vivia em Sintra e dedicava-se à protecção e acolhimento de animais abandonados. Quando se apercebeu que já não tinha suficiente espaço para os acolher em sua casa, decidiu voltar a Gouveia, à terra que a viu nascer, e levar consigo tantos animais quanto possível para que crescessem e vivessem em liberdade pelo campo.

Este enorme canil (mais de 70 cães!) foi-se compondo aos poucos com a plantação de uma vinha, a construção do hotel rural com restaurante e de uma queijaria que produz o seu próprio queijo Serra da Estrela20150520_210436

Cada quarto do hotel Madre de Água tem o nome de uma casta e eu fiquei a dormir na aromática Malvasia Fina, casta branca muito apreciada no Dão. Decorado com um estilo moderno e acolhedor que nos faz sentir em casa, o melhor deste Malvasia Fina foi mesmo a varanda com uma vista privilegiada do sol que mudava de cor à medida que se escondia atrás das vinhas.

20150521_105532

No restaurante, todos os pratos são preparados com produtos da região, mais uma vez a fazer lembrar a comida de casa, mas com um toque mais requintado do chefe residente.

Ao pequeno almoço, a mesa encheu-se de diversos pães e compotas e um delicioso iogurte caseiro que ainda hoje sonho com ele! Também o requeijão da quinta tem um sabor especial mas tudo isso se explica pela felicidade com que as ovelhas pastam calmamente nos campos junto às vinhas.

20150521_114736

Os vinhos Madre de Água provém de uma vinha que já foi considerada por vários anos consecutivos a vinha mais bonita do Dão e ao que parece não tem sido fácil de a destronar.

20150521_124022

12183970_1020487511305485_3608971348914430982_o

São vinhos jovens que estão agora a ser apresentados ao público, ainda tímidos, mas com a promessa de crescerem e tornarem-se mais uma referência de qualidade da região do Dão!

Para mim, a Madre de Água é um enoturismo muito completo e um excelente pretexto para passar uns dias de sossego no interior do país!

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *