Quinta da Gricha

A Quinta da Gricha é uma história de amor. Amor de John Graham por Caroline Churchill e o amor de ambos pelo vinho e pelo Douro!

 

Depois de uns quantos quilómetros de curvas em terra batida, lá cheguei à Quinta da Gricha. Fui primeiro calorosamente recebida pela Miro e a Kika, os cães de guarda da quinta,  e logo a seguir por Catarina, responsável pelo enoturismo.

Quinta da Gricha

Quinta da Gricha

Neste lugar, onde desde a sua fundação, em 1852, vários poços de água e grutas (as tais grichas) foram encontradas, foi onde John plantou a vinha e deu continuidade ao seu projecto de vinhos.

Apesar de produzir vinhos do Porto, a Quinta da Gricha é também – desde 1999 – casa de grandes vinhos do Douro, produzidos sob o princípio de sempre deixar a frescura da fruta prevalecer à madeira.

Quinta da Gricha

Quinta da Gricha

Nos 40 hectares de vinha, onde o sol incide maioritariamente durante a manhã, estão plantadas apenas castas autóctones do Douro.

É nos grandes lagares de granito que todos os anos as uvas são transformadas em vinho do Porto, em fermentações mais longas para criar vinhos mais secos e com mais complexidade.

Quinta da Gricha

Depois de uma visita guiada pela quinta, almocei no Pátio das Laranjeiras, todo em granito, com vista para o Douro e os seus socalcos.

Confesso que adoro restaurantes de autor, novos Chefs e cozinha inovadora, mas nada me tira o prazer de uma boa sopa de legumes, um bacalhau com natas ou um doce conventual! É essa comida que podem esperar de um almoço nesta quinta.

Quinta da Gricha

Cada prato caseiro foi acompanhado por um vinho Churchill e posso dizer que a harmonização mais improvável – mas deliciosa!! – foi o presunto fatiado com White Port Dry Aperitif. Um Porto branco de 10 anos, com uma doçura equilibrada mas com boa acidez e algumas notas de frutos secos.

Quinta da Gricha

Quinta da Gricha

Com o bacalhau provei o Churchill’s Estates Branco, cuja frescura e acidez combinaram muito bem com o azeite e untuosidade do peixe.

A sobremesa, tal como seria de esperar, foi acompanhada pelo 10 years Old Tawny Port, que mistura a complexidade da idade com a frescura da fruta vermelha e doçura de frutos secos.

Quinta da Gricha

Quinta da Gricha

Quinta da Gricha

Em casa, todos os 4 quartos têm uma decoração diferente, mas em comum têm calma e ambiente familiar e ainda “aquela” vista para o Douro!

Um sítio para voltar, mas dessa vez será para dormir num desse quartos sobre o rio e dar um mergulho na piscina infinita!

Quinta da Gricha

Subscreva para receber cada novo artigo no seu email




0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *