Uma vinha, uma cervejeira e uma petiscaria tudo num espaço de dois anos parece missão impossível… mas não para a Quinta Dos Santos!

 

Num dia solarengo de Novembro fiz-me à estrada em direcção ao Algarve para visitar este recente produtor de vinhos, atraída inicialmente pelas imagens lindas do seu instagram.

Pesquisando mais um pouco percebi que além do vinho, produziam cerveja e ainda tinham um moderno bar de petiscos que eu TINHA que conhecer!

Quinta dos Santos

Quinta dos Santos

Cheguei antes da hora marcada para a visita por isso aproveitei o sol, sentei-me na esplanada do bar “A Esquina” e pedi uma tábua de queijos e enchidos.

Era de esperar que escolhesse um copo de vinho para beber mas entrei no espírito Dos Santos e acompanhei a tábua com uma cerveja Amber Ale. Bastante aromática, sabor de caramelo torrado e textura densa, resultou muito bem com a untuosidade da charcutaria.

Quinta dos Santos

Quinta dos Santos

No final do almoço, juntaram-se a mim Elayna e Kyle. Ela norte-americana, ele sul-africano com raízes portuguesas, largaram os seus day jobs e mudaram-se para Estômbar no Algarve onde nasceu, em 2016, o projecto Dos Santos. Caminhando pela quinta, o jovem casal contou-me toda a história.

Quinta dos Santos

Quinta dos Santos

A vinha que rodeia a casa, tem três hectares, foi plantada em 2017 e conta com 6 castas portuguesas entre brancas e tintas.

Localizada num vale a quilómetro e meio do mar, estas vinhas prometem gerar uvas de grande qualidade. Digo prometem, pois neste momento o vinho é produzido a partir de uvas compradas a pequenos produtores da região.

Também a adega ainda está em construção para que na vindima de 2019 todo o processo aconteça dentro da quinta.

Quinta dos Santos

E exactamente porque no vinho tudo leva mais tempo, foi através da cerveja que o projecto Dos Santos se apresentou e conquistou o público. E aqui é Greg, o irmão de Kyle que comanda, criando as cervejas da casa: a Pilsner, Amber Ale, Lager e a Pale Ale.

Como sabem, “eu é mais vinhos” por isso adorei fazer pela primeira vez uma prova de cervejas – tiradas directamente das cubas de inox – e perceber como podem ser diferentes, no aroma, na intensidade de sabor, na cremosidade da bolha e no teor alcoólico.

Quinta dos Santos

Quinta dos Santos

De volta ao restaurante, Elayna e Kyle deixaram-me provar os vinhos “Escolhido”. A grande aposta está a ser na casta Negra Mole, cada vez mais acarinhada no Algarve e desta provei o tinto e o branco blanc de noir.

Confesso que gostei tanto deste branco que até o trouxe comigo para casa! Seco, ligeiramente turvo, com aroma de fruta tropical, mas com um longo final onde curiosamente encontrei um toque de côco.

Quinta dos Santos

Quinta dos Santos

Mário Andrade, conhecido enólogo da região Tejo e Alentejo, alinhou neste irreverente projecto e na ousadia da família Dos Santos ao assinar a enologia na quinta.

A missão aqui é trazer algo de inovador ao Algarve, uma região ainda em crescimento vitivinícola mas com enorme potencial.

Quinta dos Santos

Quinta dos Santos

E se uma adega, uma cervejeira e um restaurante não davam já trabalho suficiente, a família ainda recuperou um antigo barracão na propriedade e fez desta a “Casinha” – como carinhosamente lhe chamam, com aquele distinto sotaque inglês.

Tem três quartos, cozinha, duas casas-de-banho, sala de estar e ainda uma piscina privada, perfeito para umas relaxadas férias longe das multidões.

Aliás, deixo aqui a dica para o próximo Verão: reuniam um grupo de amigos, participem na primeira vindima da nova adega e descansem na piscina da “Casinha” ao fim do dia, com um copo de vinho ou uma cerveja Dos Santos na mão!

Subscreva para receber cada novo artigo no seu email




0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *